top of page
Buscar

Sapiens.Agro ambiciona mercado bilionário e vai realizar investimentos.


Os setores de Agricultura de Precisão, Inteligência Artificial e Machine Learning receberão investimentos bilionários em 2022 e adiante. Mais de US$3 bilhões foram investidos em empresas de Agricultura de Precisão em 2021 (PitchBook 21/12/2021).


A pluralidade e complexidade de um conjunto de soluções surgidas para o agronegócio pode tornar a adoção de tecnologias cara e demorada. Por essa razão as plataformas informacionais, orientadas a processar imensos volumes de dados e que direcionam melhor a tomada de decisão dos produtores, são uma adição bem-vinda ao setor.


A Sapiens.Agro, empresa que oferece um sistema preciso e avançado para predição da direção dos preços das commodities no mercado agro, está pronta para pensar só em crescimento. E os planos não são pequenos: atuar nas principais commodities do Brasil (café, soja, milho, boi gordo, etanol), diminuir a distância entre produtor, indústria, corretoras e o mercado financeiro, usar a mais alta tecnologia de inteligência artificial para predição de tendências dos preços, usar o Metaverso como interface com seus clientes e lançar novas linhas de produtos dentro e fora do Brasil. Isso com novos sócios, todos profissionais do mercado financeiro e fundos quantitativos.

 

Com a chegada de Eduardo Donadi, empreendedor em série no ramo de tecnologia e finanças; Gustavo Carvalho, fundador da Run Investimentos especialista em operações de fundos quantitativos; e Tiago Botelho, também empreendedor em série de empresas nacionais e internacionais que prestam serviço de tecnologia em soluções de dados para clientes, a lista de sócios está completa e eles veem a Sapiens com potencial para crescer local e internacionalmente.


Foram dois anos investindo em P&D até chegar na plataforma oferecida com inteligência artificial. “Conseguimos prever os movimentos do mercado e sugerir alternativas de decisão para estratégias de proteção de preços, reduzindo o risco patrimonial dos produtores e do mercado investidor nas commodities de soja, milho e café”, explica Maurício Lemos, sócio fundador.

De acordo com um estudo do sócio Gustavo Santos, doutorando de engenharia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e aceito na conferência internacional de engenharia e computação ICECCME 2021, o algoritmo desenvolvido pela Sapiens.Agro atinge até 83% de precisão na direção dos preços futuros das commodities.


Além de participarem de outras empresas em conjunto como investidores e conselheiros, Eduardo Donadi e Mauricio Lemos, uniram as jornadas na Sapiens. Com perfis complementares, pretendem exponencializar o modelo e a escala de negócio. “Existe um alinhamento profundo de propósito: simplificar e democratizar o acesso ao mercado financeiro para o agronegócio nacional e global, de uma forma prática, simples, e objetiva protegendo patrimônio e maximizando resultados”, comenta Eduardo.

É um novo paradigma, as empresas agora estão rastreando padrões e identificando tendências no comportamento do agronegócio. O mercado mudou, e foi exatamente o que a Sapiens enxergou. “Identificar e capitalizar as oportunidades de negociação quantitativa também envolve trabalho de pesquisa, e foi justamente o que nós da área de quantitativo da RUN vimos na ferramenta e na criação da Sapiens. Fazia todo o sentido juntar a nossa experiência em quantitativo e a visão do agronegócio deles”, afirma Gustavo Carvalho.


A empresa aposta no Metaverso como ferramenta de educação financeira para o agronegócio e para a apresentação de resultados e reuniões com os clientes. Tiago Botelho, completa o time de sócios contribuindo com sua experiência na área comercial, estratégica e de gestão de tecnologia. “Queremos oferecer uma experiência imersiva, reduzindo custos de operação, mas mantendo a proximidade no relacionamento com o mercado alvo. Temos uma equipe madura. Todos experientes, com muita bagagem”, finaliza Tiago.

E falando em Metaverso, no mês passado a Sapiens realizou com a Prefeitura de Uberlândia, a primeira reunião de trabalho da história do Executivo municipal dentro do Metaverso. Na oportunidade, o prefeito e o fundador da Sapiens, Maurício Lemos, dialogaram sobre as perspectivas do agronegócio e da tecnologia na cidade e no Brasil.

Fonte: Ares Comunicação

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page